sexta-feira, maio 14, 2010

29 anos do Centro Comunitário P. Carcavelos

No próximo dia 16 de Maio o Centro Comunitário celebra 29 anos. Ao longo da sua história o procurou encontrar soluções locais para os problemas sociais emergentes na comunidade. Assim criou respostas sociais para crianças, idosos, toxicodependentes, famílias em situação de carência, imigrantes, desempregados e comunidade em geral. Em 2009 foram abrangidas 344 crianças entre os 6 e os 12 anos nos projectos de ocupação dos tempos livres e apoio ao estudo durante o ano lectivo e férias. Realizaram-se 3712 atendimentos à comunidade, famílias, idosos e desempregados. Foram apoiados 84 toxicodependentes de rua, tendo sido integrados 12 indivíduos na unidade residencial. Estes são apenas alguns números que ilustram a acção do Centro. De momento o grande desafio é terminar a construção do edifício de ampliação do Centro que contempla uma creche com capacidade para 60 crianças. A construção e equipamento deste edifício está orçamentada em 1.929.083,00€, a CMC apoia com 1.150.000,00€ ainda falta conseguir 450.000,00€.
Todas as ideias e sugestões para angariar fundos são muito bem vindas.
Vamos continuar a construir este projecto que um dia o Pe. Aleixo idealizou!
Gostariamos de poder celebrar os 30 anos com as inauguração desta nova construção... mas para isso o vosso apoio é fundamental.

4 comentários:

Jorge Dias disse...

Parabéns pelos 29 anos! :)

JOÃO ANTÓNIO CORREIA disse...

Gostei e para mim foi muito interessante saber o conteúdo, muitos parabens e obrigado.

aida disse...

Parabéns pelos 29 anos do Centro Comunitário dos quais 20 anos eu faço parte, para mim tem sido uma segunda casa onde me sinto muito bem e onde tenho muitas pessoas amigas. Parabéns pelo trabalho desenvolvido, e força e coragem para continuar. BEM HAJAM

AIDA CARVALHO

aida disse...

Parabéns pelos 29 anos do Centro Comunitário dos quais 20 anos eu faço parte, para mim tem sido uma segunda casa onde me sinto muito bem e onde tenho muitas pessoas amigas. Parabéns pelo trabalho desenvolvido, e força e coragem para continuar. BEM HAJAM

AIDA CARVALHO